terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Viagens curtas de moto


Viajar é bom demais, viajar de moto então é melhor ainda. Vamos mostrar aqui algumas dicas para viagens curtas. Como em viagens longas a preparação muda um pouco e tem-se muito mais itens para se levar, vou separar em artigos diferentes para ficar mais organizado. Então atendendo a pedidos, vou começar com viagens curtas, não tao curtas, de até 600 km, que dá para ir em um dia e voltar no outro. Lembrando que planejamento é o segredo, o ideal é sempre tratar a viagem como sendo um projeto, com início, meio e fim, assim sempre estaremos preparados.

Comece definindo a data e quantos dias você vai passar no destino. Depois disso vamos traçar o trajeto, confira se as estradas tem pedágios e suas condições. Calcule a distância e o quanto vai gastar de combustível para não haver surpresas. Se o tempo for crucial, antes de partir verifique as rotas alternativas para não ficar preso em meio a um protesto ou outro evento. Trace sua rota para que você viaje sempre com a luz do sol e evite as horas do nascer e por do sol, é mais seguro. Planeje suas paradas de abastecimento e seus pontos de descanso, uma boa estratégia é parar de hora em hora para se hidratar e alongar o corpo. Feito isso, vamos aos detalhes dos atores principais da viagem.

Manutenção da moto: esse já é um prego mais que batido, se vamos pegar a estrada, então que a moto esteja em perfeitas condições. PCLOC, essa sigla ai deve ser de conhecimento de todo motociclista, e o que ela quer dizer? Pneus; Cabos, Comandos e Combustível; Luzes; Óleo; Corrente. Itens primordiais na manutenção de uma moto.

Ferramentas: eu mesmo não levo nenhuma além do kit da moto, creio que dependendo do que aconteça eu não tenho muito o que fazer. Se sua moto tiver corrente sem retentor, é bom levar ferramentas que facilitem regulá-la, pois em 800 km pode ser que ela precise. No mais, é para isso que serve a manutenção da moto que falamos logo aí em cima.

Equipamento de segurança: há quem ache perda de tempo e de dinheiro, mas eu nunca peguei e nunca pegarei a estrada sem equipamento de segurança. Não que não seja necessário na cidade também, mas nas rodovias como a velocidade é maior, o ralado também é bem maior. Luvas, jaqueta de cordura e uma bota é o minimo para mim. Cada um sabe como a vida pesa no seu bolso, mas é importante avaliar a necessidade de se equipar.

O que levar? depende da viagem, muitas vezes eu vou munido apenas da câmera fotográfica no caso de bate e volta no mesmo dia. Dinheiro é sempre importante, já fui surpreendido pela falta de dinheiro e não consegui usar o cartão, tive que procurar um banco no interior para poder sacar. Caso você vá dormir no local, já existe a necessidade de levar pelo menos uma muda de roupa e utensílios de higiene pessoal. Falamos lá em cima do descanso e da hidratação do corpo, portanto acho importantíssimo levar uma garrafa d'água, mesmo que ela fique quente uma hora você vai dar graças a Deus por ela estar lá. Como viajo muitas vezes com garupa, possuo um bauleto de 45L, cabe muita coisa lá dentro, mas é bom organizar já tudo dentro do próprio bauleto ao invés de encher a bolsa com as roupas e depois tentar faze-la caber lá dentro. Se a sua patroa e você acham 45L é pouco, então só lhe resta adicionar uns alforges ou baús laterais a sua moto, neste caso é bom ficar atento ao peso extra que a moto vai carregar.

Seguro: está aí uma coisa que vale muito a pena. Sua moto não tem seguro mas você gosta muito de viajar e fica pensando no que vai fazer se acontecer uma pane, saiba que alguns bancos e seguradoras oferecem um serviço de socorro. Você paga uma pequena parcela mensal e fica totalmente protegido em caso de furo de pneu, pane seca e mecânica, entre outros. Vale a pena se informar.

Você: essa é com certeza tão importante quanto a manutenção da moto. Uma boa noite de sono antes da viagem é crucial, além de uma boa alimentação antes e durante, livre de gorduras e comidas pesadas. Pilote sempre com atenção e respeitando o código de trãnsito. Uma vez eu li em algum lugar: se é longe, nós "sai" cedo! Ter uma boa viagem só depende de você.

Pronto, agora é só pegar a estrada e aproveitar!



Texto: Demetrius Sanguinete